terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Resenha - Strange Angels

Postado por Ingryd Lessa às 1/17/2012 07:33:00 PM

Olá pessoal! Geralmente não escrevo nada antes da resenha, mas dessa vez é por um motivo bem legal. Para quem ainda não viu, coloquei na barra lateral direita a caixinha da nova página do Facebook do blog! No futuro (provavelmente com o fim definitivo do Google Friend Connect) as promoções serão realizadas por lá, então gostaria de convidá-los a curtir a página e acompanhar as atualizações por lá também! :)
Sinopse: 
O Mundo Real é um lugar apavorante. Basta perguntar para Dru Anderson, uma órfã de 16 anos - garota durona que já acabou com sua parcela de bandidos. Ela está armada, é perigosa e está pronta para atirar primeiro e perguntar depois. Então, vai levar um tempo até que ela possa descobrir em quem confiar. Dru Anderson se acha estranha por mais tempo do que é capaz de se lembrar. Ela viaja de cidade em cidade com seu pai, caçando coisas que nos aterrorizam à noite. Era uma vida bem esquisita, mas boa - até que tudo explode em uma cidade gélida e arruinada de Dakota, quando um zumbi faminto arromba a porta da cozinha. Sozinha, aterrorizada e sem saída, Dru vai precisar de cada pedacinho de sua esperteza e treinamento para continuar viva. Seres sobrenaturais decidiram ser os caçadores - e desta vez, Dru é a presa. Chance de sobrevivência? De pouca a nenhuma.
Skoob - Site da editora
Resenha:
Como lidar quando você tem apenas 16 anos e a única pessoa que tinha na vida virou um zumbi e tentou te comer viva? A nova vida de Dru Anderson, que começou logo depois de ter estourado os miolos do próprio pai - ou do que sobrou dele - para salvar sua vida, promete muitas encrencas e aventuras.
Depois de sua esposa (e mãe de Dru) ter morrido, seu pai pirou de vez e resolveu caçar. Mas não animais como ursos ou patos selvagens... Ele começou a perseguir todo tipo de criatura das sombras (completamente DUMAL) em todos os cantos do país. Quando mais nova, a menina ficava com a avó mas ela acabou falecendo e seu pai foi forçado a viajar com Dru à tira colo. Nenhum amigo duradouro e nenhuma residência fixa. Apenas a certeza constante de que tudo pode dar errado num piscar de olhos.
E quando acaba realmente dando tudo errado, Dru é obrigada a se virar sozinha. Bem, nem tão sozinha assim, já que agora ela conta pelo menos com a companhia de Graves, um garoto da sua turma que passou a segui-la e a ajudou quando mais precisou. Mesmo assim, ele é apenas um menino que não sabe nada sobre o Mundo Real! Seria justo Dru metê-lo nesta confusão? E quem (ou o que) foi que transformou seu pai em um morto vivo? Será seguro sair por aí de noite e desarmada? 
Muitas dúvidas, problemas e mistérios estão envolvidos nessa história. E o que há de mais maligno no mundo sobrenatural pode bater à sua porta a qualquer momento...

****
Quando comprei este livro no natal de 2010 ele estava super barato e o tema super em alta. Em uma daquelas loucuras do Submarino de final de ano, fui no impulso e decidi arriscar. Hoje em dia não sei se faria isso novamente. Não é que eu tenha me arrependido mas poderia ter pensado melhor antes - ou pelo menos ter lido o dito cujo na época que eu comprei. Digo isso por dois motivos: começar novas séries é prejuízo financeiro e depois de ter deixado passar tanto tempo, hoje em dia estou um pouco cansada do tema sobrenatural.
Strange Angels é uma leitura bem mais ou menos. Tem um ponto principal interessante que é revelado na metade do livro e que só deverá ser explorado na continuação (Traições) mas que não te prende à série por completo. Outra questão é que, mesmo não estando acostumada a ler em inglês, tive a ligeira impressão de que em alguns momentos a tradução não foi feliz. Isso fez com que alguns trechos ficassem sem sentido, me fazendo voltar várias vezes para reler aquele pedaço até entender.
Lili St. Crow usa uma linguagem juvenil (nada formal nem sério) com vocabulário típico de adolescentes na idade entre 15 e 18 anos. Isso inclui palavrões e gírias, como por exemplo usar "cê" no lugar de "você" (confesso que isso me irritou um pouco no início mas depois acabei relevando). Seus personagens são curiosos, principalmente a protagonista. Dru é uma casca grossa por fora, forçando uma aparência de durona que logo é desmascarada por nós através de seus diálogos introspectivos (um mimimi mental que, pelo menos, ela guarda para si).
Agora a pergunta que não quer calar: comprar ou não a continuação? Ainda estou pensando se vale a pena... Quem quiser me ajudar a decidir, estou aceitando opiniões!

Mil beijos! :)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário e volte sempre!! :)

PseudoEstante Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review