quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Resenha - Amante Sombrio (J. R. Ward)

Postado por Ingryd Lessa às 1/04/2012 10:46:00 PM
Hey gente!! Feliz 2012!! O primeiro post do ano (finalmente!) vem abrindo os trabalhos com a resenha de uma das minhas últimas leituras do ano passado. Depois que eu comprei o box da IAN por uma bagatela, não resisti e praticamente comi os três primeiros livros da série. E chega de enrolação, vamos a resenha!

Sinopse:
Em Caldwell – Nova Iorque, sem que o restante da humanidade saiba, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra, entre vampiros e seus caçadores. Interagindo em favor dos vampiros existe uma Irmandade secreta, formada pelos seis vampiros mais fortes e poderosos, defensores de sua raça. E nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra. 
Wrath é o vampiro de raça mais pura e ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou órfã uma jovem mestiça (filha de pai vampiro e mãe humana) ignorante de sua herança e destino, não terá outra saída senão cuidar da bela garota e leva-la para o mundo dos não mortos. 
Ela, Beth Randall, vê-se impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente e sensual, que a visita durante a noite, envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade e o mundo dos vampiros a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos. 
Skoob - Site da editora

Resenha:
No mundo atual (e, na história, em NY especificamente) ainda vivem vampiros que procuram, para o próprio bem, conviver em harmonia com os humanos. Tais serem, porém, são um intermediário daqueles que estamos acostumados desde os primórdios da literatura. Dentre várias características, eles geralmente não se alimentam de humanos (pois nosso sangue é muito fraco) mas não podem sair no sol (senão sofrem queimaduras até a morte), levando-os a frequentar boates quase todas as noites.

A raça, que foi criada pela poderosa força mística chamada Virgem Escriba, é comandada e defendida da extinção pela Irmandade da Adaga Negra, uma família formada por vampiros guerreiros que lutam contra os Redutores, membros mortos vivos de uma sociedade criada pela figura maligna Ômega, que possuem como único objetivo exterminar todos os vampiros da Terra.

Em "Amante Sombrio" somos apresentados aos irmãos, principalmente a Wrath, o líder da Irmandade.  Seu passado conturbado o assombra e seu presente é vivido apenas para lutar. Até que para realizar um último desejo de um companheiro, selado pela sua morte, acaba conhecendo Beth, uma mestiça prestes a passar pela transição humana/vampira sem saber. Isto significa que ela precisará de informações e muita ajuda dentro dos próximos dias e o único que poderá fazer isso por ela será Wrath. O resultado desta história? Um romance de abalar as estruturas de uma fortaleza!

****
História impecável, livro para poucos botarem defeitos. Nada como a narrativa de J. R. Ward para tirar o leitor da realidade e levar embora o seu fôlego junto. Aqui não há espaço para vampiros bonzinhos e sim para guerreiros maravilhosos e poderosos, que lutam e morrem se for preciso defender algo que pertence a eles.

Além disso, há todo um envolvimento sexual misturado ao desejo de sangue, fazendo com que, definitivamente, não exista nada de bonitinho nos vampiros e nem nos romances entre eles. Logo, podem se preparando para cenas (no mínimo) muito quentes e bem detalhadas de dar inveja a qualquer um!

"Amante Sombrio" e a história de Wrath abrem gloriosamente uma série que, a cada livro, só tende a melhorar. Muita ação, aventuras e emoções fazem você querer, ao mesmo tempo, devorar rapidamente e saborear palavra por palavra. E lembre-se: tenha ao alcance das mãos "Amante eterno", pois assim que o primeiro terminar, você não vai querer parar de ler sobre a Irmandade.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário e volte sempre!! :)

PseudoEstante Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review