sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Resenha - Um Gosto de Amor (Susan Mallery)

Postado por Ingryd Lessa às 9/14/2012 06:50:00 PM
Esta é a resenha do 2º livro da série "As Irmãs Keyes", mas não possui nenhum spoiler do 1º livro! :)

Sinopse:
Se ela tivesse uma vida mais de pecadora do que de santa…
“Responsabilidade” deveria ser um dos sobrenomes de Nicole Keyes. Afinal, não é todo mundo que se dispõe a sacrificar a própria vida para comandar a confeitaria da família e educar Jesse, a irmã caçula. Mas agora que Claire, sua gêmea, está alegremente casada enquanto Jesse deixa para trás o jeito de menina da casa de lado para se tornar uma femme fatale, a superconfiante Nicole cansou de colocar as necessidades dos outros antes das suas! Até Hawk entrar na sua vida. Ao lado do ex-jogador de futebol americano Nicole sente o gosto da liberdade que sempre buscou. Hawk parece conhecer de cor o caminho para seu coração, mas ela não vai deixá-lo se aproximar demais a ponto de parti-lo. Porém, é claro que se o passado dele continuar vivo no presente, ela não terá muita escolha…

Resenha:
Apesar de ser dona e administradora de uma confeitaria, Nicole Keyes é uma mulher amarga e bem mal humorada na maioria do tempo. Ela tem 28 anos e é linda, inteligente, bondosa, bem sucedida e extremamente responsável, mas tudo o que aconteceu na sua vida nos últimos 3 meses a fez recuar. Para poder sobreviver inteira depois da traição dupla de ter flagrado seu marido com sua irmã mais nova na cama, Nicole faz o papel de durona para qualquer um que demonstre pena ou compaixão. Dar mole para homens, seres indignos de confiança? Nem pensar!

Até que um belo dia, devido a uma pequena confusão com um adolescente tentando roubar donuts, aparece na confeitaria o cara mais maravilhosamente gato e sexy que Nicole já vira na vida. Seu nome é Eric Hawkins (Hawk, para facilitar) e ele é o famoso ex-jogador de futebol americano que se aposentou no auge da carreira para cuidar de sua filha. Hoje ele é técnico em uma escola secundária em Seattle. 

Só pela discrição do homem já dá para perceber que ele tem o ego do tamanho de um campo de futebol. Não bastasse isso, ele simplesmente cisma em flertar com Nicole, que se irrita e procura ao máximo ser durona por fora (mas por dentro se sente uma manteiga derretida!). A cada encontro acontece uma discussão que solta faíscas, e é sempre questão de honra ser aquele a dar a palavra final.

E assim, mesmo que nenhum dos dois quisesse um relacionamento amoroso sério, Nicole e Hawk acabam se envolvendo muito além do que esperavam. Mas, como nada é fácil para ninguém, grandes dificuldades e preocupações irão permear a vida dos protagonistas, complicando uma situação naturalmente complexa. O que não significa que não terá um lindo e emocionante final feliz!

****
Este livro é o segundo da série "As Irmãs Keyes", uma trilogia que conta a história de uma das irmãs a cada livro. "Um gosto de vida" traz a vida de Claire, a grande e renomada pianista, gêmea bivitelina de Nicole. Já em "Um gosto de amor" o foco será Nicole, que aparecia sempre no primeiro livro como a irmã rabugenta, amarga e infeliz.

Para defender a minha personagem favorita, digo que Nicole teve motivos de sobra para sentir raiva do mundo desde criança. Ela foi desprivilegiada pela mãe, foi obrigada a tomar conta da confeitaria do pai e a criar sua irmã mais nova quando a mãe morreu. Muitas responsabilidades foram atribuídas a ela desde pequena e assim ela se manteve até se tornar adulta.

Claro que, ao longo da história, toda a mágoa e amargura se dissolvem principalmente pelas ações de Hawk. Mesmo ele sendo tão cheio de si e irritando-a absurdamente no início - o que é maravilhoso, pois gera os melhores e mais engraçados diálogos do livro -, o cara consegue fazer a carapaça em volta do coração mole de Nicole derreter. Só que o próprio Hawk não se sente livre emocionalmente e, por isso, o  melhor para os dois seria apenas ter um envolvimento físico. Pura conveniência sabe? Só que não é isso o que acontece!

Resolvi apostar na série por causa do primeiro livro e hoje tenho certeza que fiz a escolha certa. Com uma trama simples, porém muito bem desenvolvida, e uma escrita leve, divertida, envolvente, hot e facílima, Susan Mallery me arrebatou por completo. Ela me fez agir como mais gosto: interagir com os personagens, me metendo na história o tempo todo. Sem contar as diversas vezes que parei para respirar um pouco e me concentrar novamente após ler "aquela" cena!

Quer relaxar, rir, se apaixonar e sentir o coração bater acelerado? Começa com "Um gosto de vida" e vem para "Um gosto de amor"! Aposto que você não vai se arrepender! :)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário e volte sempre!! :)

PseudoEstante Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review