domingo, 18 de março de 2012

Resenha - A Pirâmide Vermelha

Postado por Ingryd Lessa às 3/18/2012 12:09:00 PM
Sinopse:
Desde a morte da mãe, seis anos atrás, Carter Kane tem viajado o mundo com o pai, o brilhante Julius Kane. Ele não frequenta a escola e seus pertences cabem em uma única mala. Enquanto isso, Sadie, sua irmã mais nova, é criada pelos avós em Londres. Ela tem tudo o que Carter queria: casa, amigos e a chance de levar uma vida "normal". E ele tem tudo o que ela mais deseja: o convívio com o pai. Depois de tanto tempo separados, os irmãos não tinham praticamente nada em comum. Até agora.
Na noite de Natal, Sadie e Carter estão juntos quando o pai os leva a uma visita ao British Museum, com uma estranha promessa: ele afirma que fará com que tudo volte a ser como antes. O plano, porém, não ocorre como o esperado, e os irmãos acabam assistindo ao momento em que o Dr. Julius Kane evoca um personagem misterioso, que num relance desaparece com o egiptólogo e provoca uma explosão magnífica.
Abatidos pelo sumiço do pai, Carter e Sadie fazem uma descoberta ainda mais surpreendente: os deuses do Egito Antigo estão despertando, e Set, o mais perigoso deles, planeja algo terrivelmente assustador. Para salvar o pai, os irmãos embarcam em uma viagem perigosa - uma jornada que os conduz até muito perto da verdade sobre sua família e a ligação ancestral que há entre os Kane e a Casa da Vida, uma ordem secreta que existe desde a época dos faraós.

Resenha:
Se você está lendo esta resenha é porque já está em perigo (não mais do que eu, já que receberá bem menos informação). Saber sobre certas coisas, principalmente se o assunto for Egito e seus deuses, pode te causar alguns probleminhas...
Claro que os seus problemas não seriam muita coisa perto do problemão da família Kane. Carter já viajou o mundo ao lado do pai (o grande arqueólogo e egiptólogo Julius) e nunca teve uma vida regular com escola, amigos ou casa fixa - sendo que ele tem apenas 14 anos. Já Sadie, sua irmã, mora com os avós maternos em Londres e, com 12 anos, teve e tem tudo o que Carter sempre desejou. A separação ocorreu após a morte da mãe deles, em um evento misterioso (mas com grande sentido e repercussão) que abalou as estruturas da família.
Até aí, tudo razoavelmente bem. Sadie só vê o irmão e o pai duas vezes por ano, mas não que isso importe muito para ela. Porém é na visita do Natal que a nossa história começa, porque papai Julius já planejou qual vai ser o programa do dia: uma "visitinha" ao British Museum. E é aí que o bicho pega, porque o cara resolve explodir a Pedra da Roseta (grande relíquia egípcia utilizada para decifrar os hieróglifos)! Bom, ninguém precisa de muito esforço mental para deduzir que este foi o pontapé inicial de nossa aventura.
O efeito disso tudo? Julius some sem deixar rastros depois de ser trancado em um caixão. Deuses são libertados e o pior deles, Set, resolve que vai espalhar o caos na Terra e dominar o mundo. Quem poderá detê-lo? Carter, Sadie, uns poucos magos bacanas e alguns deuses "do bem". Como fazer isso? Complicado... Mas se quiser ajudá-los, dá uma lida em A Pirâmide Vermelha. Só não garanto que sua segurança vá durar por muito tempo... :D
****
Primeiramente: UM BEIJO PARA O RICK RIORDAN! Segundo: RICK, EU TE AMO E VOCÊ É LINDO! Ok, momento histeria off galera, vamos aos comentários (juro que vou tentar me conter e ser imparcial) sobre o livro.
Mitologia sempre foi o meu tema preferido quando estudava história na 5ª série (obs: gostava tanto que pensei em ser Arqueóloga, mas depois decidi definitivamente pela Medicina. Onde fui amarrar meu burro...) e quando descobri a série Percy Jackson e os Olimpianos me apaixonei de cara pela escrita do Rick e pelos deuses gregos - não esqueçam dos heróis! Dessa forma, seguindo a mesma equação Mitologia + Rick, eu fui atrás de A Pirâmide Vermelha. Me despi de todos os pré conceitos das quase inevitáveis comparações para poder cair dentro da história dos Kane.
Egito, pirâmides, magia, hieróglifos, deuses, deusas, um bocado de confusão e muuuita aventura. O que mais uma pessoa como eu pode querer da vida? Quem me dera ser Sadie para poder acompanhar e ajudar Carter a salvar o mundo! Nossos dois protagonistas, mesmo sendo crianças com menos de 15 anos, são incrivelmente poderosos e maduros. Ou vocês acham que impedir Set de dominar o mundo e espalhar o caos é fácil? 
Resumindo a opinião de uma fã incondicional: meu divo eterno (vulgo Rick Riordan rs) mais uma vez nos presenteia com uma história memorável. Transmitir conhecimento com humor inteligente e através de fatos que formam uma trama com nexo perfeito, pouco previsível e de final surpreendente, só ele consegue.
Para mim, a grande jogada do livro é o fato de, supostamente, o autor ter achado um gravador e ter transcrito a história. É com isso que você obtém as duas visões da aventura, pois os irmãos se alternam a cada dois capítulos para contar os fatos, se completando perfeitamente.
Depois disso tudo, se você ainda está na dúvida se lê ou não As Crônicas dos Kane, eu só vou te falar uma coisa: vai na fé sem medo de ser feliz!!!!!
****

Para o meu completo desespero ou felicidade, o segundo livro da série (O Trono de Fogo - Intrínseca) já foi lançado no Brasil a um bom tempo. Agora como, apenas me digam COMO poderei viver sem essa continuação? (ok, eu sou altamente dramática u_u). 

Posso alterar minha lista emergencial de 2012?? Porque né... Já está meio ultrapassada... mimimimi

Enfim, de acordo com o site do Rick, teremos uma trilogia mais um guia de sobrevivência da série. O terceiro e último livro, The Serpent's Shadow (traduzido como A Sombra da Serpente) deve ser lançado no segundo semestre de 2012 pela Intrínseca. Não achei nada oficial, só especulações em alguns sites, mas espero que seja verdade!! o/


Então é isso galerinha! Beijos e boa semana para todos! :)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário e volte sempre!! :)

PseudoEstante Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review