quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Resenha - Confissões de um turista profissional

Postado por Ingryd Lessa às 12/28/2011 01:13:00 PM
Sinopse:
Quem gosta de viajar, e viaja mesmo (isto é, não faz turismo pra inglês ver), sente uma vontade danada de falar a verdade sobre os lugares que visitou.
Coisas como: vale a pena todo aquele trabalho no Louvre para não ver a Monalisa? Existe algum lugar mais insalubre do que uma barraca de praia no Nordeste? Ou ainda: por que o Brasil precisa de mais uma obra de Oscar Niemeyer, o veterano arquiteto que deixa um rastro de concreto aonde quer que vá?
Mas falar essas coisas é, no mínimo, tornar-se um chato. Pois Jota Pinto Fernandes, alter ego de Kiko Nogueira, é o chato que vive em cada viajante.
Corajoso e desbocado o suficiente para dizer o que as agências e seu amigo que acabou de chegar de Nova York nunca falarão.
Escrito pelo ex-diretor da revista Viagem e Turismo e do Guia Quatro Rodas, da Editora Abril, Confissões de um Turista Profissional é uma leitura para quem quer olhar as lindas fotinhos no celular, na volta daquele pacote inesquecível, e pensar: “E não é que era isso mesmo...?”


Resenha:
Caros viajantes que adoram percorrer o mundo atrás de novas culturas, boas comidas ou apenas grandes aventuras: eis um livro que vocês irão adorar. Muito melhor do que qualquer guia de turismo e tão obrigatório quanto, "Confissões de um turista profissional" traz uma rápida coletânea de pequenas situações contadas do ângulo mais direto possível.
Cada confissão é uma crônica recheada de verdades nuas e cruas. Kiko Nogueira não possui papas na língua nem limites quando o assunto é viagem, podendo ir do Rio de Janeiro a Paris ou de companhias aéreas falidas a turistas antiamericanos que adoram ir aos EUA em apenas uma virada de página.
Com uma pitada de saudosismo, um humor inteligente, poucos elogios e um bocado de críticas (todas com fundamento, diga-se de passagem), Kiko pode passar por rabugento aos olhos de algumas pessoas. Mas, no fundo, se você já passou por algumas das situações descritas, de uma forma ou de outra vai se identificar e admitir a veracidade dos fatos.
Mochileiro de plantão ou família saindo de férias, não importa. Este é um livro recomendado para aqueles que possuem o mundo ao alcance do passaporte.

****

Então, para fechar 2011, esta é a última resenha! Amanhã ou sexta ainda vai ao ar o último post Minhas Ultimas Novidades #8 com muitas e boas notícias! Enquanto isso, aproveitem as promos 200 seguidores, Julieta Imortal e Qual Seu Número?. Mil beijos! :)

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário e volte sempre!! :)

PseudoEstante Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review