domingo, 5 de fevereiro de 2012

Resenha - Um Homem de Sorte

Postado por Ingryd Lessa às 2/05/2012 03:58:00 PM
Sinopse:
Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fm de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. 
Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. (...) 
Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar. Até ter encontrado a fotografia, a vida de Thibault seguia como a muito havia planejado. E ele sempre tinha um plano.

Resenha:
Já imaginou que uma foto achada no meio do nada, sem nenhum nome ou identificação, poderia salvar sua vida inúmeras vezes e te tocar de uma forma tão grande que faria você ir atrás da pessoa que está na fotografia? Ainda por cima se a forma de fazer isso fosse cruzando o país a pé durante cinco anos, na companhia de um cachorro e carregando uma mochila apenas com o necessário para sobrevivência?
Pode parecer loucura, mas Logan Thibault fez isso tudo e muito mais. Como Fuzileiro Naval, foi enviado para o Iraque três vezes. Na sua primeira ida, em 2003, achou uma foto enterrada na areia do deserto do Kwait na qual poderia ser observada uma bela e jovem mulher. No seu verso, apenas uma dedicatória de poucas palavras assinada como "E". A única informação concreta que poderia ser obtida da imagem é que ela havia sido tirada na Feira de Hampton. 
Por vários motivos, Thibault não se separou da foto nem por um segundo durante a guerra. Como que por um milagre, sobreviveu a várias situações de perigo e isso fez com que ele, por fim, acreditasse naquilo que seu melhor amigo, Victor, sempre falava: que o motivo dessa sorte era a presença constante daquele objeto com o homem e que a mulher da foto seria o destino de Logan.
E é depois de anos e de certos acontecimentos que Thibault resolve aceitar e correr atrás do seu destino. Correr não, caminhar. Literalmente! Ele saiu do Colorado e foi até a Carolina do Norte a pé, ou seja, praticamente atravessou o país durante cinco anos na companhia de Zeus (um pastor alemão lindemais!),  só contando com a potência das canelas. Haja tendão e sola de sapato! hahahaha
No outro lado da história, temos Elizabeth (Beth para a maioria), uma mulher incrivelmente forte, batalhadora e linda que mora com sua avó Nana e seu filho Ben em um sítio que possui um canil (para treinamento e hospedagem de cães). Ela possui alguns problemas com o pai de seu filhos e ex marido, Keith Clayton, mas mesmo assim eles mantêm contato e um relacionamento amigável (mais por causa de Ben do que por qualquer outro motivo). Apesar de já ter tido outros relacionamentos depois deste, nunca conseguiu se fixar em um e não consegue entender muito bem o motivo (porque simplesmente os homens somem do mapa O_o).
Mas isso só dura até Thibault aparecer no canil pedindo um emprego e... Bom, o resto (ou o início!) deste romance está esperando por vocês em cada uma das folhas de "Um homem de sorte"! :)

****
Para os apaixonados (especificamente, nós, mulheres derretidas rs) por Nicholas Sparks, ofereço-lhes mais um romance delicioso! Dessa vez, somos presenteados com pouquíssimo sofrimento dos protagonistas, o que nos leva a economizar bastante lágrimas e a evitar uma desidratação! (Quem já leu "Querido John" e "Diário de uma paixão" sabe BEM o que eu estou falando!).
Logan Thibault é um típico protagonista de Sparks: um gato apaixonante. Tem histórico de uma vida sofrida por causa da guerra e é muito misterioso, porém é romântico, carinhoso e atencioso com Beth. No início, ele demora para conquistar a confiança dela, mas assim que ela observa o quanto ele é dedicado ao canil, ao seu filho Ben e à sua avó Nana, Beth se deixa levar pela força do amor (mas assim até eu deixava né!).
O único probleminha que eu tive com a leitura foi que eu demorei para engrenar de verdade e com vontade. O início é bem lento, cada capítulo contando um pouco da vida de um dos personagens principais ou de dois deles (e como eles se relacionam na história). A partir de um certo ponto, as coisas começam a ficar um pouco mais animadinhas, mas mesmo assim não chega ao ponto de tipo "OMGGG não posso nem consigo parar de ler porque vai acontecer isto isso e aquilo a qualquer momento!!"
Resumindo: "Um Homem de Sorte" é uma leitura bem leve, tranquila, romântica e pouco sofrida. Chorei? Sim, mas porque eu fiz uma pequena confusão no final do livro... ENFIM! No spoilers. Se alguém que já tenha lido quiser saber o que aconteceu, é só perguntar nos comentários HAHAHA :) E bom, não preciso nem dizer que super recomendo né? Nicholas Sparks é DIVO gente, muito amor! <3

Beijocas e boa semana!
Ps: Hoje é o meu último dia de férias D: #desesperomodeon

PseudoEstante Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review